Navegar para Cima

Notícias

Cesmar comemora 20 anos de história

Encontro reuniu educadores para celebrar a data
25/07/2018
Comunidade
Encontro reuniu educadores para celebrar a data

​​​Entre os dias 20 e 22/7, o Centro Social Marista de Porto Alegre - Cesmar reuniu todos os educadores das três Unidades Sociais, Colégio Marista Irmão Jaime Biazus e Polo Marista de Formação Tecnológica, para um momento de formação, celebração e confraternização. Com o tema Cesmar do passado, do presente e do futuro, o Encontro dos 20 anos do Cesmar foi realizado no Recanto Marista Medianeira - RMM, em Veranópolis, na Serra Gaúcha. 

IMG_8238.JPG

O Diretor do Cesmar, Ir. Odilmar José Civa Fachi, deu as boas-vindas aos educadores. "Quero dar as boas-vindas a todos vocês, essa casa marista é nossa, então fiquem à vontade e aproveitem tudo que foi preparado pela equipe. Esse encontro é um momento celebrativo, formativo e de confraternização. Aproveitem bem", desejou o diretor.

No segundo dia, sábado pela manhã, 21/7, o Diretor do Centro Social Irmão Antônio Bortolini, Irmão Miguel Antonio Orlandi (ex-diretor do Cesmar de fevereiro 2003 a dezembro 2006), fez um resgate histórico sobre o início da atuação marista no Mundo, no Brasil e no Rio Grande do Sul, chegando à atuação social do Cesmar no bairro Mario Quintana. O ex-diretor falou sobre a importância de olhar para o passado. 

IMG_8278.JPG

O Ir. Miguel convidou os educadores a lembrarem do passado do Cesmar, analisando o painel com a Linha do Tempo da Unidade Social, contendo algumas fotos. Em seguida pediu para que no espaço em branco, colocassem outros momentos importantes que não estam nas fotos e que foram marcantes também para o Centro Social. 

Já na parte da tarde, os educadores contaram com a presença de dois palestrantes para falar sobre a atuação do educador social. O Dr. Ricardo Maris, Doutor em sociologia pela Universidade de Brasília - UnB e Assessor da Área de Vida Consagrada e Laicato da Umbrasil e a Cristian​e Chagas Schoreder, Mestre em Educação e Coaching Educacional. Ricardo falou sobre os Cenários da educação social no Brasil e Cristiane sobre o Papel do educador em contexto social.

Um dos pontos que Ricardo destacou é que o educador social sempre deve ser exemplo para os educandos. "Devemos ser modelos de inspiração para nossos educandos, recontextualizar, mostrar ao educando que ele vive em um contexto social e que esse não é definitivo, ele pode ser resignificado e transformado".

IMG_8795.JPG

Inicialmente, Cristiane falou sobre a valorização e organização do tempo do educador social. "Trabalhamos mais de 20 mil horas por ano. Como aproveitamos esse tempo? Você valoriza seu tempo? O papel do educador social é ter o coração e a mente de mãos dadas, aproveitar o tempo para o educando", disse. Em seguida elencou algumas atitudes do educador. "O educador deve Auxiliar na curadoria do conhecimento, entender os estilos de aprendizagem e valorizar as relações humanas", esses são alguns dos aspectos para que o educador possa trabalhar no contexto social. 

No domingo pela manhã, a coordenadora de pastoral do Cesmar, Salete Inês Rambo, e o psicólogo do Cesmar, Tiago Brenner, apresentaram os apelos do 22º Capítulo Geral do Instituto dos Irmãos Mari​stas. Família carismática global, farol de esperança neste mundo turbulento; Ser o rosto e as mãos de tua terna misericórdia; Inspira nossa criatividade para sermos construtores de pontes; Para caminhar com as crianças e jovens marginalizados pela vida; e Responder com audácia às necessidades emergentes. Os educadores receberam as frases e foram convidados a pensar nas expectativas do Cesmar do futuro a partir dos apelos do 22º Capítulo Geral.

O encerramento da manhã foi na Gruta de Nossa Senhora de Lurdes, no Centro de Veranópolis. O Frei Capuchinho Doraci Tartari, celebrou uma missa e ao final da celebração abençoou as velas como um sinal de envio dos educadores para a missão.