Navegar para Cima

Notícias

Museu de Percurso na Ilha da Pintada é inaugurado

20/03/2016
Sociedade
A iniciativa integra o curso de Turismo Ecológico da unidade marista localizada no território e envolve os adolescentes do Programa Jovem Aprendiz.



Museu de Percurso na Ilha da Pintada é inaugurado



 



Na sexta-feira, 18/3, ocorreu a solenidade de
inauguração e as primeiras visitas ao Museu de Percurso da Ilha da Pintada. A
iniciativa integra o curso de Turismo Ecológico da unidade marista localizada
no território e envolve os adolescentes do Programa Jovem Aprendiz, do Polo
Marista de Formação Tecnológica.



 



Trata-se de um novo atrativo histórico cultural que
resgata as memórias da região, capacitando jovens em situação de
vulnerabilidade social. Os 25 painéis distribuídos em marcos históricos da
fundação e do desenvolvimento da Ilha foram apresentados por adolescentes que
moram no bairro Arquipélago e são atendidos pelos projetos de inclusão e ensino
profissionalizante.



 



Fotomuseu1



O projeto ganhou vida a partir de parcerias entre
instituições locais e a Rede Marista. No anúncio em vista do ato de
inauguração, dia 22/2, a diretora do Museu das Ilhas, Teresinha Carvalho, a
turismóloga e educadora do curso de Turismo Ecológico, Rosanir Lindemayer, o
idealizador do projeto, Irmão Miguel Orlandi, os coordenadores do Polo Marista
de Formação Tecnológica, Márcia Broc e Ricardo Brodt, educadores e educandos,
além de parceiros envolvidos em diversas etapas, compartilharam entusiasmo em
torno dos benefícios da iniciativa a curto, médio e longo prazo.



Fotomuseu2



Depoimentos



 



"Me criei no bairro Arquipélago, mas jamais
imaginava que temos 17 ilhas. Estamos descobrindo o lugar onde moramos e isso
me dá mais orgulho de viver aqui", conta Thielle Bordignon, educanda
do Curso Turismo Ecológico.



 



Gabrielle Martins, também moradora da Ilha, afirma
que o mais importante é mostrar que as Ilhas têm uma história a ser contada,
como a do Arroio Flor da Pintada, por onde passa a Travessia Oscar Ferreira de
Freitas, a porta de entrada da Ilha. Segundo os pesquisadores, o Arroio teve
muita importância durante a Revolução Farroupilha. "Por ele teriam passado
os homens que invadiram Porto Alegre", relata a jovem.



 



Fotomuseu3



O evento também recebeu cobertura jornalística de
veículos de comunicação de abrangência estadual. Confira as principais
matérias:



·        
Zero Hora 



·        
Rede Vida 



·        
Diário Gaúcho