Navegar para Cima

Notícias

Uma aula diferente para marcar o Dia da Consciência Negra

Atividade buscou a conscientização de questões sociais de grupos específicos, onde os alunos puderam refletir sobre a diversidade cultural.
26/11/2017
Cultura
Atividade buscou a conscientização de questões sociais de grupos específicos, onde os alunos puderam refletir sobre a diversidade cultural.

​O dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, mobilizou os estudantes do Ensino Médio para uma aula diferenciada no Salão de Atos do Colégio.

Organizado pelos professores da área de Ciências Humanas, a atividade buscou a conscientização de questões sociais de grupos específicos, onde os alunos puderam refletir sobre a diversidade cultural.

A noite contou com a presença do professor, Adriano Viaro da Silva, mestre em História e pesquisador de história afro-brasileira e história da escravidão; do Coordenador de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de Novo Hamburgo, Ilson Jeroni Rodrigues da Silva; e do presidente da Associação de Senegaleses do Vale dos Sinos, Mbengue Massamba.

Depois das explicações e relatos dos três convidados, os estudantes interagiram com perguntas e comentários.