Navegar para Cima

Notícias

Educadores participam de Jornada Pedagógica no Cesmar

Dias destinados ao estudo, integração e partilha entre os educadores.
15/03/2019
Formação
Dias destinados ao estudo, integração e partilha entre os educadores.

​A busca constante pelo aprimoramento profissional dos nossos educadores faz parte do cotidiano do Centro Social Marista de Porto Alegre. Durante as Jornadas Pedagógicas e em outros encontros realizados ao longo do ano, promovemos espaços para formação continuada dos profissionais que atuam em nossa Unidade Social.

 IMG_1406.JPG

Nessa primeira Jornada Pedagógica de 2019, realizada entre os dias 8 e 9/2, nossos educadores participaram de momentos de estudo, capacitação e integração.

 IMG_1364.JPG

No primeiro dia, a Direção agradeceu o empenho e o trabalho de todos no ano que encerrou, apresentou os objetivos alcançados e as metas para este novo ano que inicia. Em seguida os educadores tiveram um momento de reflexão  com as seguinte perguntas norteadoras: “Qual o grande objetivo do Socioeducativo? Nossas práticas são transformadoras de quê? Para quem? Como?" Com essas perguntas os educadores pensaram em práticas, adaptações e soluções para melhorar os atendimentos e otimizar os resultados de 2019.

 IMG_1347.JPG

Os educadores participaram também de um momento destinado à Campanha da Fraternidade 2019, que neste tempo de Quaresma, aborda como tema central “Fraternidade e Políticas Públicas".  

IMG_1421.JPG

A equipe do RH passou orientações administrativas ao grupo.​

IMG_1390.JPG

​O educador social do Polo Marista, Sérgio Guterres, iniciou um processo de implementação da Matriz Swot na Unidade Social com os educadores.
IMG_1384.JPG

No segundo dia a equipe trabalhou orientações pedagógicas e de rotina dos trabalhos do socioeducativo, além de um diálogo sobre aspectos importantes dos nossos Projetos, Serviços e Programas executados no Cesmar e ao final da manhã os educadores participaram de um churrasco de confraternização.  

IMG_1359.JPG 

Quaresma

A Quaresma – compreendida pelo catolicismo como os quarenta dias que antecedem a Páscoa – nos provoca a tomar atitudes que aproximem nosso projeto de vida da vivência do amor de Deus. Nos unindo em fraternidade e cuidado amoroso, somos despertados para a compaixão, discernimento e para o perdão. É o convite para rever nossas opções cotidianas no desejo de torná-las mais geradoras de vida, assim como fez Jesus durante quarenta dias de oração e silêncio fecundo.