Navegar para Cima

Notícias

Alimentação Saudável

Estudantes realizam atividade com o cunho pedagógico voltado para o bem estar.
04/12/2018
Nosso jeito de educar
Estudantes realizam atividade com o cunho pedagógico voltado para o bem estar.

​​​​​​​​O que a Biologia, Química e Física tem em comum que pode beneficiar a nossa saúde? Essa foi a pergunta que nossos educadores propuseram aos estudantes do Ensino Médio no trabalho da Sequência Didática da Área do Conhecimento de Ciências da Natureza. A atividade consistiu em utilizar a sabedoria adquirida ao longo do semestre para a construção de uma receita culinária, com o objetivo de utilizar os conteúdos dos três componentes curriculares, tendo em vista que a alimentação foi a melhor maneira que eles acharam para unir os conhecimentos.

O trabalho teve como finalidade explorar aspectos importantes dos conteúdos vistos em sala de aula, como água, sais minerais, lipídios, elementos da tabela periódica, temperatura e transmissão de calor. Baseado nestes conceitos, os estudantes precisaram confeccionar, apresentar as receitas e explicar quais os benefícios e malefícios que os alimentos produzidos trariam para o ser humano. Essa apresentação final contou com variados pratos e levou o nome de MasterVett 2018.

​Estudantes posam para foto após a apresentação​

Para a professora de Biologia, Mariana Rodrigues, o trabalho foi bem conduzido e produzido, pois conseguiram mesclar a teoria com a prática. “Dentro da receita, os estudantes precisaram nos contar os possíveis tipos de dieta ​que aquele prato tinha​ como: hipercalórica, hipocalórica, proteica, rica em carboidrato, vegetariana, além de nos explicar os benefícios e malefícios que esse produto traria para o nosso organismo. Desta forma, eles compraram a ideia do trabalho e conseguiram nos explicar os conteúdos a partir do material produzido."  

Com base no Projeto Educativo do Brasil Marista, a aprendizagem é um processo intra e intersubjetivo que produz saberes, fazeres, identidades e se fundamenta numa visão de pessoa como sujeito ativo em complexas interações, interesses, contextos sociais, culturais e experiências de vida. Deste modo, os estudantes maristas são sujeitos de sua aprendizagem e têm como suas funções articular os saberes construídos no espaço escolar com as experiências vividas, o que resulta na construção de novos conhecimentos e habilidades que os colocam em condições de agir e interagir na sociedade e em suas distintas realidades. Assim, é fundamental saber/aprender a trabalhar em equipe, pensar e agir no e com o grupo, sendo ético e solidário, respeitando as ideias, as diferenças e os contextos.​