Navegar para Cima

Notícias

Espaços e tempos pedagógicos

Aprendizagem coletiva proporciona momentos de encontro entre educadores e estudantes.
20/03/2019
Liderança
Aprendizagem coletiva proporciona momentos de encontro entre educadores e estudantes.

​​​​​​​​​​​​​A prática pedagógica marista promove o diálogo entre ciências, as sociedades e as culturas sob uma perspectiva cristã da realidade. Dessa forma, permite entender as necessidades humanas e sociais contemporâneas a fim de traçar caminhos e modos de enfrentar as problematizações. Deste modo, a importância de ter um educador como referência dentro do colégio, se torna algo fundamental para o educando. Assim, durante a semana, no intervalo da aula, nossos estudantes se reuniram e revelaram para os demais colegas, quais são os professores conselheiros de cada turma.

 Liliana Haas​, orientadora educacional, dirige a ​abertura para os estudantes. 

A atividade foi conduzida durante o intervalo, no pátio da escola, e contou com a presença de estudantes e educadores. O movimento foi conduzido pelo Serviço de Orientação Educacional, que reuniu dois representantes por turma. Desta forma, os jovens tinham a missão de entregar um cartão, como forma de agradecimento, e uma violeta para o professor conselheiro.

Após este momento de celebração, os Jovens e Adultos se reuniram para fazer uma foto oficial ao lado dos professores conselheiros.

DSC_0157.JPG

Professor conselheiro

O professor tem como objetivo atuar como um agente cultural, onde vai proporcionar uma prática educativa de qualidade e assumir responsabilidades pela diversidade de temáticas do cotidiano. Por isso, ele se torna o ponto de ligação entre a turma e o Colégio, sendo a referência para conduzir as adversidades entre os colegas.

Com base no Projeto Educativo do Brasil Marista, ao mesmo tempo que produzimos valores, conhecimentos e saberes, o processo educativo também é produzido pelos estudantes. Nesse movimento, dá-se a constituição dos sujeitos – suas formas de ser, conhecer, estar, viver e conviver no mundo. Nessa perspectiva, a educação é um processo essencial, “corresponsável por constituir, interativa e culturalmente, as condições da criação e da circulação de saberes, de valores, de motivações e de sensibilidades".