Navegar para Cima

Notícias

#FalaAíLucas

O #FalaAíVettorello desta semana conta a história do Analista de Comunicação Lucas Garske.
05/07/2019
Reconhecimento
O #FalaAíVettorello desta semana conta a história do Analista de Comunicação Lucas Garske.

​A fim de dar visibilidade para as pessoas que contribuem, diariamente, na missão marista, lançamos o #FalaAíVettorello, que será publicado nas redes sociais e site do Colégio.  O projeto tem como objetivo contar a história dos  educadores e aproximar eles da comu​​​​nidade escolar, mostrando o seu lado fora da sala de aula. 

O Personagem desta semana é a o educador Lucas Garske .

#FalaAíLucas

Falaálucas.jpg

Nome: Lucas Garske

Professor/colaborador de: Comunicação e Marketing

Quanto tempo no Marista Vettorello (ou na Rede Marista): Eu ingressei na Rede Marista no ano de 2011, como estudante. Assim, frequentei por três anos o Colégio Marista Graças. Depois, durante a graduação, retornei como estagiário de Comunicação e Marketing, no ano de 2017, no mesmo colégio que estudei, onde permaneci até a minha colação de grau, totalizando dez meses. Após esse período, tive uma passagem de três meses pelo Marista Champagnat, onde fiquei até vir para no Vettorello. Desta forma, são três anos como estudante e quase dois como profissional da Comunicação.

Como começou na educação?  Comecei como estagiário, no Colégio Marista Graças, em Viamão. Quando ingressei na faculdade, jamais pensei em trabalhar em Colégio, mas desde que entrei, nunca mais saí. São quase dois anos de muito amor pelo que faço, pois educar para formar bons cidadãos é muito gratificante, principalmente quando você se torna referência para os jovens.

Qual a sua formação?  Sou formado em Jornalismo pela Faculdade São Francisco de Assis.

Quem te inspirou para ser educador? É difícil nomear apenas uma pessoa, pois durante todo esse processo, aprendi muito por onde passei. Acredito que São Marcelino Champagnat é a grande referência para todos que trabalham na Rede Marista. Mas, em especial, agradeço muito a Maria Lúcia, Josiane e Renata, que foram as minhas chefes e que sempre me ensinaram os valores maristas.

Um dia inesquecível no Colégio foi quando...? Todos os dias dentro do Colégio Marista Vettorello são especiais, porque o contato com cada estudante te proporciona uma experiência de vida incrível. Mas, o dia que destaco é a minha 1ª formatura aqui na escola, onde pude presenciar a felicidade de cada formando e principalmente das suas famílias.​ 

Partilhe uma dica cultural:

Eu indico o filme a Procura da Felicidade com Will Smith. Sem dúvidas é um dos melhores filmes que eu já vi, assim como Até o Último Homem, que conta a história de Desmond T. Doss, um médico do exército americano que, durante a Segunda Guerra Mundial, se recusa a pegar em armas.

Quando você era criança, qual era o seu sonho?

Assim como quase todos os meninos, meu sonho sempre foi ser jogador de futebol. Entretanto, em paralelo, sempre quis trabalhar com rádio, onde vivia escutando músicas e narrando as partidas de futebol no videogame. Hoje, um deles eu já realizo, e sou muito grato por poder ter conseguido conciliar o rádio com o futebol.

O que gosta de fazer no tempo livre? No tempo livre eu gosto de jogar videogame, jogar futebol, assistir séries e principalmente estar perto dos meus amigos.

Deixe um recado para os estudantes do Marista Vettorello:

Eu sei que é meio clichê, mas a escola é um espaço incrível, então aproveitem cada segundo aqui dentro, pois quando saírem vocês vão sentir muita falta. Finaliza com a seguinte frase: “Aprender é a única coisa que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende". Deste modo, nunca desistam dos seus sonhos, pois por mais longe que eles estejam, se você não tentar, nunca saberá se eles vão se realizar.