Navegar para Cima

Notícias

Escola recebe visita de escritor gaúcho

Estudantes homenagearam Dilan Camargo pelos seus 70 anos
05/12/2018
Cultura
Estudantes homenagearam Dilan Camargo pelos seus 70 anos

​​A última segunda-feira, 3/12, foi de homenagens na Escola Marista Santa Marta para um dos principais nomes da literatura gaúcha. Estudantes da Educação Infantil, Anos Iniciais, Finais e educandos do Centro Social, prestaram homenagens ao escritor Dilan Camargo pelos seus 70 anos. Autor de mais de 20 livros infanto-juvenis​, diversas obras publicadas para adultos, artigos sobre a leitura e patrono da Feira do Livro de Porto Alegre em 2015, Dilan reviveu diversas obras e poesias reproduzidas pelas turmas da instituição.

As homenagens começaram com um breve histórico do escritor gaúcho, lido por um dos estudantes do 1º Ano do EF. Pelas vozes do Coral da Escola, o poema de "Diário",  escrito por Dilan, que inspirou a trilha sonora do filme "Diário de um novo mundo", foi apresentado ao aniversariante. Os educandos do Centro Social prestaram sua homenagem apresentando a dramatização da obra "Diário sem data de uma gata".

O grupo de Percussão, juntamente com as turmas de 1º Anos, apresentaram a música "Bate Palma", também escrita por Dilan Camargo e parte do livro "O Vampiro Argemiro". As homenagens no turno da manhã encerraram com a apresentação dos 5º Anos sobre a obra "È mentira, é verdade!".

IMG_4377.JPG

Durante a tarde, mais apresentações abrilhantaram o Ginásio de Esportes da Escola. A professora dos Anos Finais, Tamine Santos, declamou o poema "As mães da Praça de Maio", do livro Sopro nos Poros, enquanto os estudantes dos 3º Anos do EF realizaram perguntas ao escritor. "Quando criança, você gostava de ler?", "Quantos livros você já escreveu e qual o seu preferido" e "Você sempre quis ser escritor?", foram alguns dos questionamentos feitos à Dilan.

A tecnologia também foi inserida ao meio literário. Criado por educandos do Centro Social Marista Santa Marta na oficina de Robótica Avançada, o Robô Percival homenageou o escritor declamando uma poesia. O poema que virou canção, "Boizinho Preguiça", foi interpretado pela Turma 122 e a professora Jéssica Machado. As turmas 121 e 123, saudaram Dilan caracterizados de personagens dos livros "O embrulho do Getúlio" e "Bamboletras".

A obra "É mentira, é verdade!" também foi tema para os agradecimentos das turmas de 4º Ano. As turmas da Educação Infantil encerraram o dia com frases de acolhida e poesias criadas pelos próprios estudantes.

IMG_4360.JPG