Navegar para Cima

Nossas Notícias

Estudantes participam do pré-vestibular social Jovem Montagne, da PUCRS

Jovens e adultos dos Maristas Ir. Jaime Biazus e Vettorello são preparados para concursos e prova do Enem
28/05/2019
Social
Jovens e adultos dos Maristas Ir. Jaime Biazus e Vettorello são preparados para concursos e prova do Enem

​Estudantes dos Colégios Maristas Ir. Jaime Biazus e Vettorello (EJA) estão participando do curso pré-vestibular Jovem Montagne, destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Cerca de 50 jovens e adultos das nossas duas unidades frequentam as aulas no campus da universidade. O pré-vestibular social é promovido pela Rede Solidariedade da PUCRS.

A proposta da iniciativa é oferecer um curso preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibular. Formados por voluntários, a equipe de docentes é composta por professores da PUCRS e profissionais renomados na área de curso pré-vestibular. As aulas ocorrem semanalmente, no turno da tarde, com duração de maio a dezembro deste ano. São realizadas as disciplinas de português e redação, filosofia, literatura, história, matemática, física, geografia, inglês e espanhol, química e biologia.

Com a vontade de realizar o curso de Biotecnologia, Edinilson Jesus Silva do Amaral, 34 anos, aluno do Colégio Marista Vettorello, destaca que está no caminho certo por meio da busca do conhecimento. “Estou bem motivado e orgulhoso, alimentando o meu sonho que é chegar na Universidade”, comenta.

Nossos Montagne​s de hoje


Responsável pelo pré-vestibular Jovem Montagne, a professora da Escola de Humanidades da PUCRS, Ana Márcia Martins da Silva, destaca que a ação visa criar um ambiente de aprendizagem agradável, alegre e afetivo. “Esses jovens poderão transformar as suas vidas, realizando o sonho de ingressar no ensino superior”, enfatiza.

Segundo o idealizador da ação, o professor do programa de Pós-graduação em Letras e Escrita Criativa, Altair Teixeira Martins, esses estudantes são a essência da transformação, tanto para os mesmos como dos professores envolvidos. “Depositamos as nossas esperanças na sala de aula, um espaço nobre para partilha”, reforça.​

prevest-3639.jpg

Para Marcela Eduarda Oliveira da Silva, 18, essa oportunidade de estudo tem sido gratificante. “Está sendo muito importante esse pré-vestibular. Eu quero fazer Psicologia, porque gosto de trabalhar com as pessoas, as suas mentes”, relata.

A história do jovem ​​​​​Montagne


No dia 28 de outubro de 1816, um acontecimento foi decisivo para o padre Marcelino Champagnat colocar de imediato em prática o seu sonho de fundar uma congregação de Irmãos. O jovem sacerdote foi chamado à casa de um carpinteiro em Les Palais, na França. Um rapaz de dezessete anos, Jean-Baptiste Montagne agonizava e ignorava completamente as verdades da fé. Em seguida, Champagnat foi visitar outra pessoa doente na região. Quando voltou à casa da família Montagne, soube que o rapaz tinha falecido.

A falta de conhecimentos de Jean-Baptiste sobre Jesus Cristo convenceu Champagnat de que Deus o chamava para fundar uma congregação de Irmãos destinada a evangelizar os jovens, especialmente os mais abandonados. De regresso à casa paroquial de La Valla, Marcelino decidiu pôr imediatamente o seu plano em ação. Neste encontro, os dois saem modificados, Champagnat ensina a Montagne as coisas de Deus e Montagne lhe ensina que não há mais tempo a perder. Neste sentido, a experiência Montagne foi fundamental para a fundação do Instituto Marista.