Serviços

NOSSAS OFICINAS

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) é um espaço de fortalecimento de vínculos familiares, sociais e comunitários por meio da convivência, socialização e acolhimento, bem como de formação para a participação e o exercício da cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia a partir dos interesses, demandas e potencialidades das crianças e adolescentes.

O Centro Social Marista Aparecida das Águas atende 180 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos de idade no turno inverso ao da escola. Abrange todas as ilhas do bairro Arquipélago, principalmente moradores da Ilha Grande dos Marinheiros. 

Por meio de processos de reflexão e de expressão, o serviço tem a intenção de impulsionar a melhoria da qualidade de vida da comunidade e fortalecer vínculos familiares e comunitários, empoderando os educandos na busca do seu projeto de vida e de alternativas saudáveis de vida, reduzindo índices de violência, desemprego, analfabetismo, vulnerabilidade social no território – e ainda na prevenção da ocorrência de ricos sociais, seu agravamento ou reincidência e contribuir para o aumento no acesso a serviços socioassistenciais e setoriais.

São desenvolvidas oficinas pedagógicas como Capoeira e Musicalização, Percussão, Educação Física, Educação Artística, Informática, Literatura e Dramatização e Formação Humana. As intervenções são pautadas em experiências intelectuais, lúdicas, estéticas, culturais, recreativas e esportivas, que abarcam e ampliam a percepção, expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e a proteção social.

O planejamento é distribuído ao longo do ano em eixos temáticos: saúde e autocuidado; saúde, ecologia e meio ambiente; saúde, arte e cultura; saúde, sexualidade e gênero. Também em temas transversais como direitos/deveres, projeto de vida, promoção da vida dentre outros que visem a uma melhor compreensão da sua realidade social e das suas possíveis transformações. Tais projetos são formulados conforme a demanda de interesse dos educandos.

Fazem parte da proposta de trabalho realizada no Centro Social as atividades externas, saídas de campo para exposições e feiras, apresentações dos grupos artísticos e exposição de trabalhos.

As crianças e os adolescente atendidos pelo Centro Social recebem alimentação (café da manhã, almoço e lanche), e a unidade conta com um ônibus locado que realiza o transporte gratuito dos seus educandos, educadores e demais profissionais. Além disso, são realizadas reuniões semestrais com as famílias, além dos encontros trimestrais, estes com o objetivo de vivências entre os educandos e suas famílias. O serviço contempla, ainda, o atendimento do Serviço Social e Pedagógico como apoio às famílias e aos educandos, conforme demanda. As inserções são via Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e busca espontânea, sempre referenciada junto ao Cras.

OBJETIVO GERAL

Oportunizar um espaço criativo de formação integral do ser humano e a promoção da sua dignidade, bem como proporcionar condições para o desenvolvimento da cultura da solidariedade, impulsionando vida, partindo de princípios humano-cristãos, visando à transformação e inclusão social, busca pela efetivação da cidadania e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, tendo em vista a construção de uma sociedade livre, justa, fraterna e participativa.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Oportunizar um espaço protetivo que venha a complementar as ações da família e da comunidade na proteção de direitos e no desenvolvimento de crianças e adolescentes bem como no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais;

• Promover a valorização da comunidade onde estão inseridos, por meio do fortalecimento da identidade local, resgatando sua história e ressaltando suas belezas naturais;

• Promover a preservação e o cuidado com o meio ambiente, a partir do incentivo a atitudes construtivas e participativas, voltadas para sustentabilidade junto à comunidade;

• Possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos, fortalecendo sua formação cidadã;

• Assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo;

• Estimular a participação na vida pública do território e desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo moderno por meio de uma educação social voltada para o efetivo exercício da cidadania e para a formação de agentes de transformação social.​