Navegar para Cima

Notícias

Estudantes visitam Reserva Indígena em Viamão

Saída pedagógica faz parte da Sequência Didática da Área das Ciências Humanas.
01/04/2019
Cultura
Saída pedagógica faz parte da Sequência Didática da Área das Ciências Humanas.

​​​​​​​​Nada melhor do que uma imersão na cultura de um povo para estudar melhor suas vivências e olhar com mais empatia para os seus costumes e rituais. Foi assim que os nossos estudantes do 2º Ano EM passaram a tarde de quinta-feira, 28/3, quando visitaram a Reserva Indígena Guaraní M’Bya e a Escola Estadual de Ensino Fundamental Indígena Karaí Nnhe’e Katu, localizadas no município de Viamão.

Os estudantes foram recebidos pelo professor de Tupi-Guarani, Agostinho Verhá Moreira, que apresentou a aldeia, o colégio e conversou com os estudantes respondendo perguntas relacionadas à cultura dos Guaranís M’Byas.

Para a estudante Vitória Engroff, o que mais chamou a atenção foram os artesanatos e a acolhida. “Me senti muito bem recebida pelo povo guarani M’bya, fiquei encantada com as crianças, com os artesanatos, arcos e flechas e os animais que eles criam”, salienta a estudante.

Já a estudante Fernanda Fonseca, classifica como uma experiência única. “Foi uma experiência ímpar com um misto de alegria imensa. Com certeza uma tarde divertida e com muita interatividade, partilha e troca de experiências. Foi uma imersão na cultura dos Guaranis M’byas”, analisou Fernanda.

Para o professor Agostinho Verhá essas aproximações e momentos com a cultura não-indígena são boas. “No mundo globalizado em que vivemos hoje, precisamos estar abertos a receber e trocar experiências com o homem-branco, sabendo que existem outras culturas e respeitando cada espaço. Nossos jovens saem daqui da aldeia e trabalham na cidade, estudam em Universidades e voltam para cá trazendo o conhecimento adquirido e essas vivências para ajudar a nossa comunidade”, pondera o professor.

Para finalizar a visita, os estudantes foram convidados a jogar duas partidas de futebol amistoso com os Guaranis, primeiro com as equipes masculinas e em seguida com as equipes femininas. Outros jovens indígenas ensinaram os estudantes a manusear arco e flecha e lança, duas formas de caça que os indígenas utilizam. 

Sequência Didática

Adotamos a metodologia de Sequência Didática como forma de ensinar e aprender. Os professores planejam os estudos por área de Conhecimento, atuando de forma integrada e possibilitando que os conceitos trabalhados em sala de aula, contem com a efetiva participação dos estudantes. O desafio de pesquisar sobre assuntos diferentes com uma situação problema a resolver, motiva ainda mais os estudantes a construírem novos conhecimentos.